Prefeitura Municipal de Mogi Mirim

Secretaria de Saúde

02/10
2017
0 comentários

Saúde define calendário de ações para o Outubro Rosa

O mês de outubro chegou. E junto com ele o tom rosa surgiu. É o “Outubro Rosa: uma campanha para tocar o fundo do peito”. O mês é alusivo ao combate ao câncer de mama e a Secretaria de Saúde programou uma programação diversificada. O objetivo é a conscientização dos munícipes quanto a prevenção e quais os cuidados necessários para tratamento da doença.

Para sinalizar a importância do zelo com a qualidade de vida, a Estação Educação receberá uma iluminação especial no decorrer de outubro. Já as UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) e o CEM (Centro de Especialidades Médicas) terão a “Árvore dos Desejos”. Após a realização de exames de mama, a paciente receberá um cartão em branco para que seja especificada a expressão de desejo da paciente e, após, será pendurado na árvore.

“São ações que marcam, que fazem que a pessoa pare por instantes e reflita sobre circunstâncias que surgem e que merecem dedicação, cuidado e, sobretudo, prevenção”, afimrou a secretária da Pasta, Rose Silva.

No decorrer da segunda quinzena de outubro serão ofertadas mais consultas na área de mastologia – especialidade médica que cuida da glândula mamária. Os detalhes finais estão sendo concluídos pelas equipes técnicas da Saúde. “É o resultado de trabalho contínuo, de luta constante para que, mês a mês, possamos debater com a população sobre o valor das precauções quanto aos cuidados com a saúde. Isto é fundamental”, destacou.

Saiba mais

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. Esse tipo de enfermidade também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento.

O câncer de mama não tem uma causa única. Diversos fatores estão relacionados ao aumento do risco de desenvolver a doença, tais como: idade, fatores endócrinos/história reprodutiva, fatores comportamentais como em decorrência do ambiente e fatores genéticos hereditários.

A idade, assim como em vários outros tipos de câncer, é um dos principais fatores que aumentam o risco de se desenvolver câncer de mama. O acúmulo de exposições ao longo da vida e as próprias alterações biológicas com o envelhecimento aumentam o risco. Mulheres mais velhas, sobretudo a partir dos 50 anos, são mais propensas a desenvolver a doença. “São dados que requerem de todos nós a sensibilidade sobre a conscientização, a prevenção e hábitos contínuos e progressivos para a saúde. E nesse sentido, conclamamos a população a integrar as atividades do Outubro Rosa”, concluiu a secretária.

Compartilhe:

0 Comentários

Ainda não foram feitos comentários.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

CAPTCHA security code

Jornal Oficial

Arquivos: Secretarias

Cadastre-se para receber novidades

Seu e-mail estará seguro conosco.
Nós não iremos compartilhar suas informações!