Prefeitura Municipal de Mogi Mirim

Secretaria de Segurança Pública

08/08
2019
0 comentários

Projeto alerta alunos sobre uso consciente de pipas

Conscientizar crianças e jovens quanto à soltura correta de pipas e papagaios e alertar sobre os riscos em relação ao uso de linhas cortantes e brincadeiras próximas à rede de energia elétrica. Resultado de uma parceria entre as Secretarias de Segurança Pública e Educação, esses são alguns dos objetivos do projeto “Pipa Segura”, iniciado nesta semana nas EMEBs (Escolas Municipais de Educação Básica), que durante todo o mês de agosto receberão palestras das Guardas Civis Municipais Verena Carvalho e Vera Lúcia da Silva.

As palestras, que começaram na última quarta-feira (7) na escola Alfredo Bérgamo, o CAIC, passarão por outras 15 unidades escolares, sempre voltadas para estudantes do 4º ano do ensino fundamental. Na pauta, as guardas-civis abordarão como são feitos, os riscos e os malefícios decorrentes do cerol e da linha chilena; a lei sobre a proibição do uso do cerol ou de qualquer produto semelhante que possa ser aplicado em linhas de pipa ou papagaios; os riscos da soltura dos materiais próximos à rede elétrica; e a necessidade de praticar a brincadeira em ambientes seguros.

O uso de substâncias como o cerol, baseado na utilização de cola e cacos de vidro em linhas de pipa, ainda é uma prática comum. A disputa consiste em cortar a linha de outras pipas, intensificando uma espécie de competição entre os praticantes dessa modalidade de lazer.

Ciente disso, a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar vêm intensificando o patrulhamento na chamada “Operação Cerol”, justamente de olho em diminuir a prática ilegal, medida iniciada em julho e que irá persistir até o final do mês.

“O nosso foco é diminuir a proximidade do cerol a motoristas e pedestres e mostrar para os alunos que isso pode ser fatal para ciclistas, motociclistas e os próprios pedestres. A segurança deve ser tratada como prioridade”, ressaltou Verena Carvalho, uma das guardas-civis responsáveis pelas palestras.

Crime

O uso de cerol é crime e, desde 2002, a industrialização, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a distribuição e a utilização deste produto, ou de qualquer outro material cortante, estão expressamente proibidos pela Lei Municipal N° 3.662.

Denúncia

A Secretaria de Segurança Pública está aberta para denúncias de quem estiver empinando pipas ou papagaios com cerol. A denúncia deverá ser feita diretamente para a GCM (Guarda Civil Municipal) nos telefones 3806-3193 ou 153.

EMEBs que irão receber as palestras do projeto “Pipa Segura”

Dia 9 – Prof. Geraldo Alves Pinheiro

Dia 12 – Vereadora Terezinha da Silva Oliveira

Dia 13 – Prof. Nelson Neves de Souza

Dia 14 – Profª. Maria Nilsen Oliveira Leite

Dia 15 – Prof. Dr. Geraldo Philomeno

Dia 16 – Prefeito Adib Chaib

Dia 19 – Prof. Bráulio José Valentim

Dia 21 – Profª. Edna Fávero Choqueta

Dia 22 – Profª. Ana Isabel da Costa Ferreira

Dia 23 – Prof. Jorge Bertolaso Stella

Dia 26 – Profª. Helena dos Santos Alves

Dia 27 – Profª. Altair Rosa Corsi Costa

Dia 28 – Dona Sinhazinha

Dia 29 – Profª. Cleusa Marilene Vieira de Mello

Dia 30 – Profª. Maria Regina Maria Tucci de Campos

Objetivos do programa “Pipa Segura”

Conscientizar sobre as substâncias proibidas – cerol e linha chilena;

Explicar as causas decorrentes do uso destes materiais;

Informar sobre a lei que proíbe o uso de cerol ou de qualquer produto semelhante em pipas;

Mencionar sobre os riscos de soltar pipa ou papagaio próximo a rede elétrica;

Divulgar a realização de patrulhamento da “Operação Cerol”;

Fotos: divulgação

Compartilhe:

0 Comentários

Ainda não foram feitos comentários.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

CAPTCHA security code

Jornal Oficial

Cadastre-se para receber novidades

Seu e-mail estará seguro conosco.
Nós não iremos compartilhar suas informações!