Prefeitura Municipal de Mogi Mirim

Secretaria de Serviço Autônomo de Água e Esgoto

05/07
2019
0 comentários

Obras de nova adutora avançam e já atravessam Estrada da Cachoeira

As obras de substituição de uma das adutoras de água bruta realizadas pelo Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgotos), estão bem avançadas. Iniciadas na segunda-feira (1º) da estação de captação, ao lado da represa da AES Tietê, elas chegaram até a rodovia Luiz Gonzaga de Amoedo Campos, mais conhecida como ‘Estrada da Cachoeira’, na quinta-feira (4).

A nova tubulação, feita de ferro fundido, tem um diâmetro de 600 milímetros, maior que a rede que está sendo trocada, de 400 milímetros e a base de fibra. Isso possibilitará aumentar a capacidade de adução de água até a ETA (Estação de Tratamento de Água), no Residencial do Bosque, em quase 80%.

A extensão da nova adutora é de pouco mais de 800 metros, da estação de captação, que fica bem atrás do Restaurante do Amadeu, até o standpipe, sistema de equilíbrio que mantém o nível de pressão, localizado no bairro Paraíso da Cachoeira. Na quinta-feira, as obras chegaram em um ponto crítico, que foi a travessia na Estrada da Cachoeira.

Foi preciso abrir uma vala no meio da rodovia para a colocação da nova tubulação. Durante toda a tarde de quinta-feira, o trecho onde os funcionários do Saae trabalhavam com a nova adutora foi interditado. Para não comprometer o trânsito no local, os motoristas foram orientados a seguir por um desvio em um trecho de terra paralelo à rodovia.

Assim que a tubulação foi instalada, a vala foi coberta com terra e o trecho da estrada recebeu nova pavimentação. No fim do dia, o trânsito foi liberado para o fluxo normal. As obras, agora, avançam pela rua Beta, já do outro lado da estrada, até seu destino final.

Por conta do serviço, a captação na adutora substituída foi interrompida. Havendo a necessidade, serão feitas interligações entre a adutora nova com a existente, mantendo o fornecimento de água bruta para a ETA. Como são de diâmetros diferentes, o Saae usará um adaptador provisório. A expectativa é de que a nova tubulação esteja implantada num prazo de até 10 dias úteis.

A obra integra o projeto de ampliação do sistema de abastecimento de água em Mogi Mirim. Nesse processo, o Saae já iniciou a construção da terceira adutora para captação de água bruta. Ela sairá do standpipe e seguirá até a ETA, com uma tubulação com diâmetro de 500 milímetros. O projeto ainda contempla a ampliação da ETA. As obras são financiadas com recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) do governo federal.

Fotos: divulgação

Compartilhe:

0 Comentários

Ainda não foram feitos comentários.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

CAPTCHA security code

Jornal Oficial

Cadastre-se para receber novidades

Seu e-mail estará seguro conosco.
Nós não iremos compartilhar suas informações!