Prefeitura Municipal de Mogi Mirim

Secretaria de Saúde

02/08
2018
0 comentários

Notificado 1º caso de óbito causado por H1N1

A Secretaria de Saúde divulgou nesta quarta-feira (1) o resultado de dois exames referentes a óbitos ocorridos na semana entre os dias 9 e 13 de julho. Em um deles foi constatado que a morte foi causada pelo contágio com o vírus H1N1. A mulher tinha 39 anos e residia no bairro Jardim Primavera II, na zona Norte. Ela não havia sido vacinada. No outro caso, o resultado foi negativo para a gripe.

Entre maio e junho, mais quatro munícipes – dois homens, uma mulher e uma criança – foram tiveram contágio com o H1N1, H2N3 e Influenza B. Todos passam bem.

Atualmente, em todas as UBS’s (Unidades Básicas de Saúde) ocorrem a vacinação contra a gripe. Seguindo determinação do Ministério da Saúde, a imunização está sendo direcionada aos grupos prioritários.

Contudo, a população pode adotar práticas diárias que combatam a proliferação do vírus causador da gripe

Quais ações preventivas podem ser adotadas?

- Lavar sempre as mãos, principalmente após tossir e espirrar. Para lavar a mão, deve-se utilizar água e sabão ou, ainda, álcool 70%. Para utilizar o álcool, é importante não estar com as mãos visivelmente sujas;

- Utilizar lenços descartáveis;

- Deixar o ambiente sempre ventilado;

- Cobrir boca e nariz sempre que espirrar ou tossir;

- Não tocar na região dos olhos, nariz e boca sem que a mão esteja limpa;

- Não compartilhar objetos de uso pessoal, como garrafas, copos e talheres;

- Evitar contato com pessoa doente, evitando abraços, beijos e apertos de mão;

- Evitar aglomerações em épocas em que o número de casos da doença for alto;

Quais são os sintomas?

Os principais são febre alta, dores musculares, dores de garganta e de cabeça, prostração e tosse seca. Em alguns pacientes, podem ocorrer complicações, como bronquite, sinusite, pneumonia, além de problemas extrapulmonares.

Como acontece a transmissão da gripe?

Como qualquer tipo de gripe, a transmissão ocorre, normalmente, por meio de gotículas de saliva contaminadas que ficam em suspensão no ar. Essas gotículas podem entrar em contato com outra pessoa, causando sua contaminação, ou ainda cair em superfícies que podem contaminar outros indivíduos. Diante das formas de contaminação, fica claro que a prevenção está diretamente ligada à higiene.

Foto: divulgação

 

Compartilhe:

0 Comentários

Ainda não foram feitos comentários.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

CAPTCHA security code

Jornal Oficial

Cadastre-se para receber novidades

Seu e-mail estará seguro conosco.
Nós não iremos compartilhar suas informações!