Assistência Social  / Notícia

Foi encerrada no último domingo (31) a Campanha de Arrecadação do Fundo Social, após dois meses de trabalho. Celebrando os números positivos da ação, a entidade passa agora a se concentrar em novos planos voltados à proteção ao inverno.

Visando auxiliar a parcela da população em vulnerabilidade social em decorrência da crise da Covid-19, o projeto estabeleceu parcerias com o setor privado da cidade e com a população de forma geral. De forma anônima, milhares de mogimirianos fizeram doações em postos de coletas espalhados em mercados da cidade.

Os estabelecimentos que cederam espaço para a atividade foram os supermercados Goodbom, Imperial, Lavapés (unidades do Tucura, Vila Dias e Vila Bianchi), Magui, São Vicente e Spasso Sabores.

Cerca de 35 toneladas de alimentos foram arrecadadas, entre produtos básicos perecíveis, como sacos de arroz, feijão e latas de óleo, e produtos não perecíveis, como frutas, legumes e cartelas de ovos. Até mesmo caixas de chocolate e ovos de Páscoa foram encaminhados.

Além dos alimentos, também houve arrecadação de produtos de higiene. Foram formados 800 kits de higiene, compostos por álcool em gel, detergente, esponja, papel higiênico, sabonete, escova de dente, creme dental e outros, além de 300 kits infantis, com gibis, materiais de higiene pessoal e guloseimas.

A distribuição dos produtos ficou por conta da Secretaria de Assistência Social, que define os beneficiados com base em dados do Cadastro Único. Além das doações, a Pasta ainda trabalhou com a compra de 2.000 cestas básicas.

Doações de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) também ocorreram, vindo a ser destinados ao setor de saúde municipal. Máscaras, óculos e máscaras de proteção foram obtidos junto a empresas da cidade e da região.

Nesse período de intensa atuação, o Fundo Social também desenvolveu confecção de máscaras de tecido para uso da população em geral. A operação conta com participação voluntária de costureiras da cidade.

Para se alcançar as 35 toneladas arrecadadas, o Fundo Social contou com uma grande contribuição do Carrefour. Na última sexta-feira (29), a rede de supermercados, através de sua filial de Mogi Mirim, entregou 12.880 kg de alimentos.

Outras empresas também colaboraram com a Campanha, destinando mantimentos e produtos diversos ao combate ao coronavírus. Devem ser citadas Arroz Sobradinho, Assembleia Luzes da Sabedoria, Associação Comercial e Industrial de Mogi Mirim (ACIMM), Balestro, Cortag, Elfen Eco Clear, Instituto Radiografar, Interact Clube, International Paper, Lojas Maçônicas, Lucy Montoro, Mars Brasil, Mercadão dos óculos, Mogi Landi, OMG, Sabó, Sindicato Rural, Tutty Belle Moda Fitness, Veilling Holambra e Ypê Produtos de Limpeza, além da Escola Técnica (Etec) Pedro Ferreira Alves e Faculdade Técnica (Fatec) Arthur de Azevedo.